sábado, 29 de dezembro de 2012

Tríduo da Sagrada Família


Estaremos neste domingo à noite, a partir das 19h00 encerrando o Tríduo da Sagrada Família de Nazaré. A Celebração Eucarísitica, na Matriz, será presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Francisco de Lucena e concelebrada pelo Pe. André e Pe. Marinaldo. Vamos juntos pedirmos a intercessão da Sagrada Família.  

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

O QUE VAI GARANTIR O AMOR ???



É curioso observar os jovens jurando-se amor eterno, fidelidade e apoio mútuo. Aquilo é sinceramente o que eles desejam naquele momento. É como alguém querer ir à lua de fusca. O desejo é válido; as ferramentas é que são insuficientes. Quando é perguntado aos futuros casais o que vai garantir o casamento deles, invariavelmente se escuta: o amor! Quando se aprofunda a questão: e o que vai garantir o amor de vocês? A resposta já não vem tão rápida e fluente. Se Deus é amor, só por Ele, como rocha, presença e arrimo, é possível enraizar uma comunidade de amor, uma família.
A família, pelo desejo de seus componentes e projeto amoroso de Deus, torna-se uma comunidade, comum-unidade, pelo amor. Cada pessoa traz, dentro de si, o germe do amor e da vida sobrenatural, como a minúscula semente de laranja traz a frondosa laranjeira dentro de si. Assim o ser humano traz em seu interior uma árvore de afeto, bondade e fraternidade, justamente porque é o invólucro daquele potencial de amor com que seu Criador o projetou. Criado para o amor e para a felicidade, o ser humano é a única criatura da natureza que às vezes contradiz a finalidade para a qual foi criada. No ar, ao redor de nós, há sons e imagens. Se ligarmos um rádio ou um aparelho de televisão, ouviremos música, veremos imagens. O que falta, então? Falta sintonizar! Assim é a graça de Deus. Ela está aí, gratuita e generosa; basta a gente sintonizar. No tocante à família, sucede a mesma coisa. O amor está ao nosso lado, vivo. Basta a gente sintonizar-se nele.
Nosso encontro, como casal, como família, não foi casual. Embora se rejeite qualquer ideia de destino ou fatalismo, na verdade deve-se reconhecer, por trás de tudo, um projeto de Deus, um plano carinhoso e individualmente traçado, para nos fazer felizes, nesta e na outra vida.  

ANTÔNIO M. GALVÃO
“Vivência e Convivência: um estudo sobre a família e o amor humano”

domingo, 16 de dezembro de 2012

ANUNCIAI: EIS QUE VEM NOSSO DEUS

A dupla característica do Tempo do Advento, que celebra a espera do Salvador em glória e na sua Encarnação, emerge das leituras bíblicas festivas. O primeiro domingo orienta para a parusia final, o segundo e o terceiro chamam a atenção para a vinda cotidiana do Senhor; o quarto domingo prepara-nos para a natividade de Cristo ao, mesmo tempo fazendo dela a teologia e a história. Portanto, a liturgia contempla ambas as vindas de Cristo, em íntima relação entre si.

O Advento nos convida a viver os mistérios da Encarnação de Deus feito homem em Jesus Cristo, Ele que recapitulou de modo concreto toda criação para oferecê-la santa e purificada a Deus Pai e Criador. É um Tempo que leva a imaginar a segunda vinda do Senhor no fim dos tempos (vinda escatológica), aquele momento cósmico, no qual, tudo será revestido da glória e da luz, na nova Jerusalém, o Reino Eterno de Deus. Este tempo nos motiva a preparar-nos para a vinda do Senhor, que é a nossa verdadeira alegria. Todos os dias o Espirito procura os homens, e os conduz ao caminho da conversão que o torna corredentor do mundo com Cristo. Durante este período de preparação que a Igreja oferece a todos, somos convidados à conversão por meio da oração, das boas obras e pelo Sacramento da Confissão, o qual nos porta a uma vida nova em Cristo. Diante destes, somos chamados a viver de maneira autêntica e fiel a nossa vida e vocação cristã. 

O inteiro caminho do ano litúrgico é orientado a descobrir e a viver a fidelidade do Deus de Jesus Cristo, que na gruta de Belém se apresenta na forma de uma criança. Em toda a história da salvação Ele é um percurso de amor, de misericórdia e de benevolência. O amor quando é verdadeiro tende por natureza ao bem do outro, o maior bem possível, não se limita a respeitar simplesmente o empenho da amizade, mas vai além, sem cálculo. É próprio do cumprimento do Deus vivo e verdadeiro, no qual, o mistério profundo vem revelado nas palavras de São João: “Deus é amor” (1Jo 4,8.16). “Este Deus, em Jesus de Nazaré, assume, em si, a humanidade inteira e lhe dá uma nova conotação, decisiva, verso um novo ser humano, caracterizado do ser gerado de Deus e tender a Ele” (Cf Infância de Jesus, Rizzoli-LEV 2012,p.19). 

Portanto, toda a liturgia do Advento é um apelo para se viver alguns comportamentos essenciais do cristão: a expectativa vigilante e alegre, a esperança, a conversão, a pobreza. A partir desta perspectiva, caracteriza-se sempre o cristão e a Igreja, porque o Deus da revelação é o Deus da promessa, que manifestou em Cristo seu cumprimento e toda a sua fidelidade ao homem: “Todas as promessas de Deus encontram nele seu sim” (2 Cor 1,20). A esperança da Igreja é a mesma esperança de Israel, mas já realizada em Cristo. No Tempo do Advento, toda a Igreja vive a sua grande esperança. O Deus da revelação tem um nome, “Deus da esperança” (Rm15,13).


Seminarista José Arimateia Vieira de Lima, 3° ano de Teologia.
Roma, 03 de dezembro de 2012.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Programação da Festa da Conceição 2012



Como se disse certa vez: "antes tarde do que nunca". Segue, então, abaixo a Programação da Festa da Conceição 2012. Desculpem-nos o atraso.

24/11 - Sábado: Caminhada para a Pedra do Cordeiro - 15h30

30/11- Sexta: Abertura com Carreata, saindo de Rua Nova - 18h45

01/12 - Sábado: Caminhada da Fé (Cruzeiro de Roma - Igreja da Conceição) - 15h00
                          Novena (Pe. Marinaldo)  - 19h45

02/12 - Domingo:  Missa (Pe. André)  e Batizados - 07h00
                             Torneio de Futsal no Xaviezão - 09h00
                             Corrida da Conceição - 15h30 (adiada para 30/12)
                             Missa (Pe. Marinaldo) - 19h00

03/12 - Segunda: Novena (Pe. André) - 19h00
                       Jogo no Xaviezão: Padres x Casados  - 20h30

04/12 - Terça: Novena (Pe. Fabiano) - 19h00
                       Apresentação do Coral da FACISA - 20h15

05/12 - Quarta: Novena (Pe. Adelino) - 19h00
                         Apresentação Instrumental - 20h15

06/12 - Quinta: Novena (Pe. Marinaldo) e Adoração - 19h00
                         Ciranda - 20h00

07/12 - Sexta: Passeio Ciclístico - 15h00
                       Novena (Pe. Adauto) - 19h00
                       Apresentação das Bandas Fanfarras de Duas Estradas, Caiçara e Logradouro - 20h15

08/12 - Sábado: Batizados - 08h00
                          Pipocaço - 12h00
                          Procissão e Missa - 15h30

09/12 - Domingo: Cavalgada da Conceição saindo de Rua Nova - 08h00
                            "Tarde com Maria" (para crianças) - 15h30




                         

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Festa de Cristo Rei

Toda a Diocese de Guarabira estava representada na celebração da Festa de Cristo Rei acontecida no último domingo (25/11) na cidade de Mulungu. O Pe. Heriberto Gomes, Administrador da Paróquia Santo Antônio na cidade onde aconteceu a celebração, foi o responsável pela organização, acolhida e realização deste que foi mais um grandioso momento da vida de nossa Diocese. Grupos, pastorais e movimentos daquela Paróquia estavam presentes colaborando para o sucesso e bom andamento da celebração e da caminhada que a antecedeu. A participação de muitos grupos, pastorais, movimentos, religiosas, diáconos, padres e seminaristas tornou a festa bem mais bonita de forma que todos estamos de parabéns: os que particparam e os que organizaram. Veja abaixo algumas fotos:


















quarta-feira, 21 de novembro de 2012

17 ANOS DE APOSTOLADO DA ORAÇÃO



O Grupo Apostolado da Oração de nossa Paróquia Sagrada Família esteve comemorando no último domingo (18/11), dezessete anos de sua fundação em Belém. E, para celebrar esta data, foi organizada uma programação especial com momentos de adoração, louvor, confraternização, palestra, etc. Toda a programação foi encerrada no domingo a noite com a Missa, presidida pelo Pe. Marinaldo,  na Igreja Matriz Sagrada Família, durante a qual foi dada ação de graças por todos esses anos de caminhada deste grupo. Os integrantes do grupo participaram da procissão de entrada da celebração eucarística e ficaram responsáveis pela Liturgia da Palavra da Missa. À tarde o grupo participou de uma palestra ministrada pelo Pe. José Anselmo, Administrador da Paróquia de N. Sra. do Rosário – Pirpirituba e também diretor espiritual do Apostolado da Oração na Diocese de Guarabira.  Confira alguns momentos pelas fotos que seguem:

 












sábado, 17 de novembro de 2012

PORTA FIDEI COMEÇA A SER ESTUDADO NA PARÓQUIA



Teve início na Paróquia Sagrada Família na tarde deste sábado (17/11), das 14h00 às 15h30, no Espaço da Juventude, o estudo com os animadores dos grupos e comunidades de nossa Paróquia sobre o documento do Papa Bento XVI sobre o “Ano da Fé” (Porta Fidei). Pe. Marinaldo fez uma introdução durante a qual apresentou o porquê e de onde teve origem o nome do citado documento (Atos 14,27), as datas e eventos a ele relacionadas (Concílio Vaticano II e Catecismo da Igreja Católica), bem como os cinco objetivos do Papa com este convite a toda à Igreja a redescobrir a beleza e as consequências da fé. Foi entregue aos participantes desta formação um resumo do “Porta Fidei” para que todos pudessem ter um primeiro contato com o documento e, posteriormente, possa haver a continuidade do estudo iniciado neste encontro dos animadores. A formação foi concluida com um lanche servido aos participantes. Que todos nos empenhemos na leitura, compreensão e vivência deste documento que marca um momento especial da vida da Igreja em todo o mundo.






segunda-feira, 12 de novembro de 2012

O AMOR

 O ser  humano foi feito - trata-se de uma verdade psicossocial - por amor e, sobretudo, para o amor. analisando o homem e a mulher, desde a criação, veremos que o amor é a tônica que conduz e impulsiona a vida humana. fomos criados à imagem e semelhança de um Deus-amor, numa legítima prova de amor. depois o homem errou, ficou vaidoso e soberbo e, seduzido pelo mal, quis ser igual a Deus. foi expulso, castigado, tornou-se mortal, necessitando trabalhar, para, com o suor de seu rosto, obter o alimento. Diante dessa ruptura, verdadeira desgraça na vida humana, o amor de Deus mandou seu Filho Jesus Cristo para a nova aliança, para a reconciliação definitiva, de novo abrir as portas da eternidade, que foram fechadas pelo pecado. Os humanos, além de nao reconhecerem esse gesto de amor, crucificaram o mensageiro. Deus nos mandou Cristo que estaria no meio dos homens, e assim nos acompanharia até a consumação dos séculos: "ninguém tem mais amor que aquele que dá sua vida pelos seus..."
O amor humano é frágil. Mais que isso: inconstante e vulnerável aos mais variados e contraditórios estímulos. O fracasso reside, muitas vezes, em relação às famílias, quando os casais ignoram essa fragilidade, e contra ela não buscam o remedio adequado. A vida humana só se realiza se for vivida com amor. O homem só vive se souber amar. Quem demonstra, em sua vida, práticas autossuficientes, terá deixado de amar, porque a autossuficiência nos afasta do contato com o outro. O amor, portanto, norteia nossa vida. Ele aproximou nossos pais e, como fruto desse amor, nós fomos constituídos para, numa sequência natural, também através desse grande sentimento, perpetuar nossa espécie, transmitindo a vida a nossos filhos, enriquecendo-os com a capacidade de amar e sentir os efeitos do amor.
A maior tragédia de uma união ocorre quando duas pessoas, cheias de qualidades, não são capazes de dar algo para enriquecer e fazer feliz o outro, pois só pensam em si próprias. Esse egoísmo mata uma relação e, pior, gera o maior veneno, que é o egoísmo vivido a dois. O egoísta nao ama; quer ser amado. Não dá, quer receber. Não se entrega; quer ser dono. Busca mais competir e vencer do que harmonizar. Quando se pergunta a jovens candidatos aos casamento por que resolveram casar, a resposta mais  frequente é: "quero casar para ser feliz!" Notem quanto egoísmo vai nessa afirmação: casar para ser feliz!! Pelo contrário, seria interessante, nobre, construtivo, casar para fazer o outro feliz, e depois, com base nessa felicidade proporcionada, tornar-se feliz. Mas não.
Muita gente de nosso tempo, de nossa sociedade de consumo, vê no matrimônio uma possibilidade a mais de consumir, nem que seja o outro, a felicidade teórica. O sociólogo alemão Hermann Oeser, em seu livro "Ich Liebe", ensina: "Quem deseja ser feliz não deve se casar. O importante é tornar a outra pessoa feliz. Aqueles que desejam ser compreendidos não devem se casar. O importante é compreender o outro. Quem busca a realizaçãonum casamento, não deve se casar. O fundamental é que o outro se realize."

Antônio M. Galvão
(Vivência e Convivência - Um estudo sobre a família e o amor humano)
Depois continuaremos..... 




domingo, 4 de novembro de 2012

Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito 2012

Definida pela ONU (Organização das Nações Unidas) em 2005, o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito é solenizada no terceiro domingo de novembro para homenagear as vidas perdidas nos caminhos, calçadas, estradas e, para gerar ações que tornem o trânsito mais seguro.
A homenagem é estendida aos familiares, amigos e, a todos que tiveram suas vidas afetadas por acidentes ou crimes de trânsito.
A violência no trânsito mata todos os anos quase 1,3 milhão de pessoas, fere e incapacita mais de 50 milhões e, é a causa principal de mortes de jovens na faixa etária dos 10 aos 24 anos.
De acordo com o DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre), responsável pelas apólices pagas em caso de vítimas fatais, o número anual no Brasil para as mortes no trânsito é de cerca de 55 mil pessoas e, mais de 500 mil feridos.
A “Trânsito Amigo” Associação de Parentes, Amigos e Vítimas de Trânsito http://transitoamigo.com.br trouxe o evento para o Brasil e desde então, o mesmo já aconteceu no Rio de Janeiro (2008 e 2009), Florianópolis (2010) e Curitiba (2011). Em 2012 a capital brasileira do evento será São Paulo.
Para 2013, em virtude do lançamento da campanha: “Pela Consciência no Trânsito” e, pelo ato de criação do “Conselho Nacional pela Redução de Acidentes”, assumido pela Presidente Dilma Rousseff, o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito acontecerá em Brasília.
Cabe ressaltar que, independentemente do evento principal, é importante que, o mesmo aconteça também em outras cidades. Em São Paulo, em 2011, tivemos uma Caminhada no Parque do Ibirapuera por ocasião dessa homenagem.
O tema de 2012 é Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito, uma data para não ser esquecida!
Gostaria de acrescentar nessa postagem que, há um documento chamado: CARTA DE MADRID, no qual consta: “O período 2010-2020 deverá ser declarado como a Década Mundial da Segurança Viária. As atividades que nela sejam desenvolvidas deverão conduzir para uma redução substancial das taxas de mortalidade previstas. Recomenda-se aos países por em funcionamento essas ações para chegar às metas de redução em 50% dos índices de vítimas mortais por acidentes viários em 2020”.
Para que haja redução é necessário ações! O que você tem feito para mudar essa triste realidade?

Nossa Paróquia está unida ao Movimento "Nao Foi Acidente" e está coletando assinaturas para mudarmos as leis de transito nas quais existem tantas possibilidades de se escapar de uma punição que, na verdade, elas são um convite às infrações. Participe você também: se você é de Belém-PB, procure a Secretaria da Paróquia e contribuia para atingirmos 5.000 assinaturas para o Movimento; caso você seja de outra cidade acesse o site do movimento e assine a petição: http://naofoiacidente.org/site/assine/ 

sábado, 20 de outubro de 2012

Aniversário de Dom Lucena e Assembléia do Regional

Ontem, sexta-feira (19/10), foi um dia especial para Dom Lucena, Bispo Diocesano de Guarabira, que celebrou mais um aniversário natalício e recebeu manifestações de afeto, carinho e estima de diversas pessoas de nossa Diocese e de outras dioceses que o conhecem e admiram. No mês de agosto Dom Lucena celebrou no dia 17 seu 4º aniversário de ordenação episcopal e no dia 31 a comemoração de quatro anos à frente da Diocese do Brejo da Paraíba.
Desde a última quarta-feira (17/10), juntamente com alguns representantes de nossa Diocese, Dom Lucena está participando da 47ª Assemblía  de Pastoral do Regional NE 2 da CNBB, que está acontecendo no Convento Santo Antônio, em Ipuarana - Lagoa Seca -PB.   O Tema desta Assembléia é: "Evangelização da Juventude". A celebração de abertura, organizada pela Equipe de Liturgia da  CNBB NE 2, acolheu os participantes em clima de alegria e fraternidade e foi presidida pelo Bispo da Diocese de Afogados da Ingazeira - PE, Dom Egídio Bisol.
No plenário, o Bispo da Diocese de Campina Grande -PB disse que ja se vive "em clima de Jornada Mundial da Juventude". Posteriormente, o presidente do Regional NE 2 e Bispo de Palmares - AL, Dom Genival Saraiva, dfez o discurso de abertura e de boas vindas aos participantes da Assembléia enfatizando que "esta Assembléia Pastoral, necessariamente tem o rosto da Igreja na usa catolicidade, consequentemente, espelha sua face nacional e, obviamente, contempla sua fisionomia regional". Dom Genival enfatizou ainda: "embora a Jornada  da Juventude seja Mundial, não há como não a vermos como especialmente nossa, porque está sendo vivenciada de uma maneira muito forte, com a presença dos seus símbolos - a Cruz e o Ícone de Nossa Senhora - em nossas Dioceses e nas várias formas de nossa participação rumo à JMJ Rio 2013".
Dom Genival faz a Abertura da
47 ª Assembléia Pastoral do Nordeste 2 da CNBB
Dom Delson de Campina Grande-PB
saúda os participantes da Assembléia

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Semana Missionária 2012

Teve início no ultimo domingo a Semana Missioonária em nossa Paróquia Sagrada Família. As visitas às famílias começaram a ser feitas no Setor da Conceição logo após a missa de envio dos missionários presidida pelo Pe. José André. À noite, antes do início da Missa na Matriz presidida pelo Pe. Marinaldo, teve início a coleta de assinatura em apoio ao Movimento "Nao Foi Acidente". Na terça-feira foi a vez do Setor da Capela da Luz receber os missionários; à noite tivemos a celebração da Missa na Rua Santa Helena após a chegada do Pe. Marinaldo juntamente com um grupo que saiu em caminhada da Matriz para o Setor da Luz. Na quarta-feira os missionário visitaram pela manhã e tarde as famílias do Setor da Capela São Pedro e a noite o grupo dos caminhantes saiu da Igreja da Conceição para Rua Amélio Carneiro onde o Pe. Marinaldo presidiu a Missa e depois fez a coleta de assinatura para o Movimento "Nao Foi Acidente".  A programação da Semana continua com a Missa na Matriz na quinta-feira às 07h30 e visita às famílias do centro da cidade. Na sexta-feira será a vez do Setor da Capela Santo Antônio e no Sábado o Setor do Tribofe.
Veja a seguir algumas fotos.